Olá Visitante, seja bem vindo!
Faça Login ou Registre-se
Filmes e Séries
Literatura
Música
Eventos
Convidados
Colaboradores
Home > Para Ler > Blogs
06
Dez
Do inferno ao céu, MDNA mostra que os sinos ainda dobram por Madonna
Divulgação
Madonna durante apresentação
Por Mauro Ferreira, do Blog Notas Musicais
 
O badalar dos sinos na introdução do show da MDNA Tour - ora de passagem pelo Brasil neste mês de dezembro de 2012, já na reta final de rota mundial iniciada em maio - é a senha para que um trio francês de música basca entre em cena e entoe cânticos religiosos na abertura do espetáculo de Madonna inspirado no 12º álbum de estúdio da popstar, MDNA (2012).
 
Duas horas depois, quando a festiva 'Celebration' encerra a ópera pop em que Madonna vai do  inferno ao céu, não há dúvidas de que os sinos ainda dobram pela proclamada Rainha do Pop - e de que o público fiel se dobra perante sua popstar, hábil na pregação de sua religião pop.
 
Analisado em perspectiva, dentro de contexto que inclui oito anteriores turnês mundiais de Madonna, o show da MDNA Tour se impõe como um dos mais ambiciosos e bem-realizados da artista norte-americana. Longe da atmosfera burlesca que ambientou The Girlie Show (primoroso espetáculo visto pelos brasileiros em 1993) e da diversidade colorida do show da Sticky & Sweet Tour (apresentado no Brasil em dezembro de 2008), o show da MDNA Tour resulta mais denso ao revolver questões centradas na religião e no sexo, pilares da obra controversa de Madonna.
 
O show soa até mesmo sombrio no bloco inicial, quando Madonna pega em armas e, evocando filmes do cineasta norte-americano Quentin Tarantino, vai literalmente à luta ao som de 'Girl Gone Wild', 'Revolver' e 'Gang Bang'. É quando o revólver vira símbolo fálico, indício de poder.
 
A rigor, o jogo de cena - armado em cenário imponente com o auxílio de bailarinos e trocas de figurinos - já parece ter sido jogado por todos, artista e público, mas ainda fascina. Na luta entre o céu e o inferno, a orgulhosa pecadora dialoga com seu Deus em 'Papa Don't Preach', adensa 'Hung Up' ao tirar este hit da pista da disco music, estapeia com luva de pelica a rival Lady Gaga (entremeando 'Express Yourself' com trechos de 'Born This Way' em número que culmina com citação de 'She's Not Me' para demarcar um território que, afinal, nunca deixou de ser de Madonna) e se assume periguete ao fim de 'Candy Shop' (número encorpado com trechos de 'Erotika').
 
Musicalmente, o baticum eletrônico - tom de números como o tecno 'I'm Addicted' - sustenta o pop de Madonna sem grandes inventividades e pontua o show até nos interlúdios como o feito ao som de 'Best Friend'.
 
Alguns números acústicos, como a balada 'Masterpiece', parecem estar alocados no roteiro para lembrar que toda a mise-en-scène se origina, afinal, da música. Apresentada após 'Turning Up The Hits', número que gira o dial das emissoras de rádio para sintonizar trechos pré-gravados de sucessos de Madonna nos anos 80, 'Turn Up The Radio' lembra que essa música é, em essência, pop simples, feito para massas e pistas. Mas com elegância à moda de 'Vogue', reiterada em cena em momento chique do espetáculo.
 
Sem perder a pose, a eterna material girl comercializa até o sexo numa 'Like a Virgin' desossada, estrategicamente posicionada entre 'Human Nature' e 'Love Spent'. Perto do fim, o último interlúdio exibe o polêmico vídeo de 'Nobody Knows' me e 'I'm a Sinner' - cantada por Madonna em cima de um ônibus, com belas imagens, em número que culmina com mantras indianos - prepara o clima para a redenção dos fiéis na apoteótica 'Like a Prayer'.
 
Sim, com sua fervorosa oração pop, feita com o auxílio de playback e de projeções expostas em telões de altíssima definição, Madonna ainda converte fiéis aos 54 anos de idade e 30 de carreira.
 
Impossível não rezar por sua cartilha pop ao longo das duas horas do show da MDNA Tour. É por Madonna que sinos e público ainda (se) dobram.
 
Resenha de show
Título: MDNA
Artista: Madonna
Cotação: * * * * *
 
 
Comentários (0)
Comente você também!
Nome

Mostrado junto ao comentário
Email

Não mostrado junto ao comentário
Postar Comentário
CAPTCHA
Copie os caracteres que
aparecem na figura ao lado

Notícias
Visite nosso site de vendas
Arquivo
powered by Brado! Networks